Infância

Infância é o período de crescimento que vai do nascimento à puberdade, ou seja, do zero aos doze anos de idade. Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente, considera-se como criança a pessoa com até doze anos incompletos, enquanto que entre os doze e dezoito anos encontra-se a adolescência. A infância é um período agitado. Crianças estão sempre em movimento. E os pais tentando enquadra-las em modelos de comportamento que não se encaixam como um sapato da numeração correta.

Cada criança tem uma personalidade, um jeito de lidar com as conquistas e frustrações, um DNA que é único. Tenho percebido, constantemente, no consultório, esse anseio de que as crianças tenham um padrão calmo de comportamento, de que não gritem, não pulem, não quebrem coisas, não fiquem cansadas e irritadas. Temos que perceber que são seres em aprendizagem. Estão aprendendo a ser pessoas. Ainda tem um egocentrismo característico dos primeiros anos de vida. Vamos respeitar e compreender as suas dores, as suas tristezas e suas irritações. O que falta aos pais é acolhimento, afeto, cuidado de qualidade, não somente tempo .O tempo tem que ser qualitativo e não quantitativo. Consulte um profissional. Só ele poderá dizer se esse comportamento está dentro dos padrões de desenvolvimento saudável ou não.

#psicologiainfantil #neuropsicologia #orientacaoparental

Prof. Dra. Elisa Meireles Andrade 

COMPARTILHE :
Últimas Postagens

Ser mulher no meio de uma pandemia

Nós mulheres, carregamos há tempos, um acúmulo de papéis que demandam nosso tempo e dedicação.…

Quem nunca recorreu ao Dr. Google ao sentir-se mal?

Se você pesquisar agora o termo “dor de cabeça” no Google encontrará 72 milhões de…

A importância da terapia na dependência química

A dependência química é definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um conjunto de fenômenos…
×

CLIQUE EM UM DE NOSSOS ATENDENTES

× OLÁ, POSSO TE AJUDAR?